quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

O triste destino da Praça Getúlio Vargas em Friburgo


                                      Foto: Osmar Castro

Vamos combinar que muitos dos Eucaliptos centenários da Praça Getúlio Vargas precisavam de um corte, de uma poda, mas fazer isso que a prefeitura de Nova Friburgo está fazendo, é demais, né não?! O que essa praça representava não só para os moradores, mas para os turistas, era (agora é no passado mesmo) o momento de lazer, de muita sombra para o calor que agora está fazendo na cidade. As árvores, tombadas pelo Patrimônio Histórico, desde a década de 70, não tiveram a atenção dos governos que por aqui passaram e, como se fossem invisíveis ou eternas, não receberam o tratamento adequado e os cuidados para que não tivessem esse triste destino. Triste para os amantes dessa que é (era) uma das praças mais lindas do Rio de Janeiro. E agora?! Sei que é obrigatório o replantio de novas árvores, mas daqui a quanto tempo elas darão sombra, beleza e essa exuberância que eles, os eucalíptos davam à essa coisa, agora, sem graça?
Aqui, o invisível é bem comum, tanto para as pessoas, quanto para as coisas. Aqui, a memória histórica é derrubada sempre, assim como os eucalíptos o são. Não tem importância, entende?!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Síndrome do Coração Partido

Aqui dentro do peito
cruzes são guardadas
e representam cada um dos que se foram.
Um luto por cada um
toma punho de queda,
sem calor algum.
Partes que se revelam pela dor,
pelo que não pode ser desfeito.
por ser irremediável!
Aqui dentro do peito
o caminho que se segue
é desconhecido,
sombrio,
sem fio de luz.
Nesse caminho incerto,
há que ser muito forte para suportá-lo,
pois ele se alimenta do vazio de sentimento,
do vazio de ar,
do vazio de terra e de céu.
A Sindrome do Coração Partido existe
e se imiscui lá dentro
transtornando,
digladiando pra se manter viva.
A tristeza é amarga.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Luciano Maurício - Cantiga do desamado





Super vídeo de Marcos Maurício Autran, filho de Luciano Maurício, para quem faz essa comovida homenagem, trazendo na voz do mestre, artista plástico e poeta seu poema "Cantiga do Desamado", onde fica registrado toda sua ironia, irreverência e inquietude. Para quem tem saudade de Luciano e para os que não o conheceu, vale ver!

domingo, 5 de outubro de 2014

JUNHO, documentário sobre o Movimento Passe Livre



Esse documentário, com direção de João Wainer, trata do 'Movimento Passe Livre' - MPL - que levou milhares de pessoas às ruas, em Junho de 2013, contra o aumento das tarifas de ônibus. Não teve subsídio, foi produzido pela O2 e Folha de São Paulo e agora está liberado gratuitamente pelo Youtube.
Um documento importante para a história do Brasil e para todo aquele que deseja entender mais sobre aquelas manifestações que tiraram as pessoas de suas zonas de conforto, incluindo aí a classe política. Uma manifestação espontânea que fez São Paulo, Rio e outras cidades pararem, para deixar clara a insatisfação gerada pela falta de ação política em favor do povo.
São depoimentos importantes de profissionais da sociologia, ciência política, jornalistas, poetas, manifestantes, entre outros, que ajudam a destrinchar as várias vertentes desse movimento. Vale conferir!

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Catedral em Restauro



Hoje tive uma surpresa bem legal, ao entrar na Catedral de São João Batista, aqui no centro de Nova Friburgo, e ver uma equipe de  seis restauradores do Rio de Janeiro trabalhando para resgatar a pintura original da igreja, inaugurada em 8 de dezembro de 1869.
Depois de cinco camadas de tinta retiradas com a delicadeza e instrumentos que a profissão exige, começaram a aparecer as pinturas em estêncil, imitando papel de parede e vários arabescos na parte superior. Desde 1960, segundo informações, aquelas paredes vêm recebendo essas camadas de tinta, o que torna o trabalho de restauro ainda mais instigador e surpreendente.
É um trabalho muito sutil, que demanda tempo e paciência, mas é provável que até dezembro a igreja esteja concluída. Pelo que pude ver, valerá à pena esperar pelos resultados, pois como a história de Friburgo vem sendo destruída ao longo desses anos, nada melhor do que ver que, pelo menos, um pedaço dela sendo resgatada.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Romper para Crescer o Alívio

Nada alivia e dá mais tremores do que um rompimento que já deveria ter sido feito há muito tempo. A sensação de alívio se dá quando a coragem vem dizendo que isso é o certo a ser feito e, na mesma proporção, os tremores não deixam dúvidas de que essa é uma necessidade inquestionável e que demorou muito tempo para ser realizada.
A confirmação vem quando a lembrança de situações vividas vem à tona, sem mandar recados e torce as vísceras, fazendo com que a realidade, apesar de dura, torne-se sua companheira mais fiel. Todos os laços caem no chão e enlameiam o que se pensava ser uma construção sólida, para sempre.
São vários fragmentos que atropelam o pensamento, mas não deixam de ter a clareza necessária para que decisões sejam tomadas, doa a quem doer, inclusive para quem rompe. O medo é um elemento que as embota por vários motivos, também pertinentes, mas que não impedem que vozes tenham voz ou que atitudes sejam tomadas em favor de algo que não se quer mais sentir.
O coração bate mais forte, o sangue esquenta e esfria ao mesmo tempo, porque não é tão fácil assim perder, mas, perder o quê? Perder a oportunidade de não mais viver presenças abjetas? É preciso ser muito forte para ter o distanciamento e entender que se você não quer para os outros, porque querer para si mesmo? Então, quanto mais se libertar de pesos e medidas que você sempre rechaçou, mais autêntica se torna a sua vida, não só pra si, como também para aqueles que são amigos reais e não factoides, que pensam apenas em si e acham que estão acima do bem e do mal. Pior ainda, que acham que merecem ser aturados como moeda de troca.  
Ninguém precisa engolir sapos, ou aturar determinadas coisas em nome sabe-se Deus de que ou de quem! Ah, a liberdade é uma benesse, principalmente para aqueles que já foram humilhados demais e precisam sair da faixa de gaza imediatamente.    

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails